1000px-Piratpartiet.svg

palestra(“software livre e geração de conhecimento”);

Dia: 21/05 (quinta)

Horário: 19:00 – 22:30

Local: Auditório Léo Grossman

Discussão sobre o lado político-econômico do Software Livre e sua relação com a vida acadêmica/profissional.

O okupador é o Fernão Vellozo, membro do Partido Pirata do Paraná.

O software livre dá liberdade às pessoas que o usam para executar, copiar, distribuir, estudar, mudar e melhorar o software. Essas liberdades são explicitamente concedidas e não suprimidas, como é no caso do software proprietário. Piratas incentivam o uso e a criação de softwares livres e também auditáveis quando são de interesse público e empregados por governos, promovendo a cultura livre e libertando a sociedade de formatos proprietários. Acreditamos que o uso de software livre torna o acesso à informação mais democrático, uma vez que não há a necessidade de depender da compra de licenças, que acabam por segregar e excluir o acesso à pesquisa e à troca de experiência acadêmica e cultural entre as pessoas. Piratas acreditam que o software livre surge como uma alternativa para incluir camadas da sociedade – que antes se viam carentes – de uma possibilidade de inclusão na chamada “era da tecnologia”, podendo assim ter acesso a diversas informações e conhecimentos, além de compartilhar com grupos sociais e incentivar o uso como uma ferramenta de educação e criação de pesquisas acadêmicas em órgãos governamentais. Essas alternativas podem reduzir as amarras a grandes corporações que dominam a propriedade de formatos fechados.” {trecho do programa do Partido Pirata}



* imagem por/em Wikimedia.

0 comments on “palestra(“software livre e geração de conhecimento”);Add yours →

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>